Imprimir

Em 11 de maio de 2011, a Organização das Nações Unidas decretou o que chamou de “Década de Ações para a Segurança no Trânsito (2011-2020)”. A iniciativa, que também é chamada de Movimento Maio Amarelo, tem como meta a redução de 50% nos acidentes de trânsito no Brasil e no mundo. Desta forma, neste sábado, 4, na Praça Pio XII, em Montes Claros, aconteceu a solenidade de abertura da Campanha Maio Amarelo 2019.

A campanha é uma iniciativa da Prefeitura de Montes Claros, através da MCTrans (Empresa Municipal de Planejamento, Gestão e Educação em Trânsito e Transporte de Montes Claros) em parceria com todas as secretarias municipais, e que conta com o apoio do Exército, Samu, DER, Bombeiros, Guarda Municipal, Detran, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil, Sest-Senat, entre outras empresas, órgãos e entidades.

Em Montes Claros, apenas em 2018, o SAMU atendeu 3.072 ocorrências de acidentes de trânsito, envolvendo motocicletas (1.998), carros, caminhões e ônibus (560) e bicicletas (274), além de 240 atropelamentos. Em 2019, entre os meses de janeiro e março, a instituição já atendeu 700 ocorrências de acidentes de trânsito, dados que justificam a preocupação das entidades do poder público e a própria realização da campanha.

Agora, a programação da Campanha Maio Amarelo continua com uma ação educativa na próxima sexta-feira, 10, na Escola Estadual Dr. João Alves, no bairro Santa Lúcia; blitz no Distrito Industrial, onde foi detectado um número alto de acidentes, no dia 14; ação educativa no dia 20, no Distrito Industrial; blitz no dia 21, no posto da Polícia Rodoviária, na BR-135; e, no dia 25, acontecerá uma simulação de acidente entre veículo e locomotiva na linha férrea, no bairro São Judas.